img-0

Notícias em privacidade e segurança da informação

Rafael
Rafael Susskind
Newsletter

Vazamento de documentos internos do Google: impactos no ranqueamento e segurança

Vazamento de 2.500 documentos internos do Google revela detalhes sobre como a empresa coleta dados e determina o ranqueamento dos resultados de busca no Google Search. Embora não tenha ocorrido o vazamento de dados pessoais, os documentos contêm mais de 14.000 fatores de classificação, mostrando que o algoritmo pode priorizar o número de cliques em vez da reputação da fonte. Isso levanta preocupações sobre a disseminação de informações inadequadas.

O vazamento foi descoberto por Erfan Azimi e confirmado pelo Google, possivelmente ocorrendo quando os documentos foram publicados no GitHub em março. O Google alerta contra conclusões imprecisas e reafirma seu compromisso com a transparência. O vazamento terá repercussões nos setores de SEO, marketing e publicação.

Fonte: Epoca Negócios

Brasil líder em ataques de Ransomware na América Latina: como se proteger

Um recente estudo da consultoria ISH Tecnologia revelou que o Brasil é o principal alvo de ataques de ransomware na América Latina. Esse tipo de malware tem causado interrupções significativas nos serviços públicos e privados, resultando em prejuízos milionários. A falta de políticas de segurança digital robustas e a conscientização da população são apontadas como desafios. Grupos criminosos como Lockbit, Qiulong e Arcus Media têm realizado ataques sofisticados, exigindo resgates e ameaçando divulgar dados sensíveis.

Recomenda-se que empresas promovam treinamento para colaboradores, implementem medidas de segurança cibernética e participem de redes de compartilhamento de informações. Este estudo destaca a importância de uma abordagem proativa na proteção contra ransomware para mitigar seus impactos.

Fonte: Epoca Negócios

Vazamento na Ticketmaster expõe dados de 560 milhões de clientes

Um recente vazamento de dados na Ticketmaster deixou expostas informações pessoais de aproximadamente 560 milhões de clientes. A revelação veio à tona após o grupo hacker conhecido como ShinyHunters reivindicar o ataque no BreachForums, oferecendo 1.3 terabyte de dados por US$ 500 milhões. O Procon-SP já está em ação, notificando a Ticketmaster para esclarecer se o vazamento afetou clientes brasileiros e quantos consumidores podem ter sido atingidos. O diretor de Assuntos Jurídicos do Procon-SP, ressaltou a importância de trabalhar em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) para garantir a orientação adequada aos consumidores.

A recomendação da Safernet Brasil aos clientes brasileiros é que alterem senhas e dados de acesso à conta na plataforma, especialmente informações de cartões de crédito. A instituição também sugere notificar a instituição financeira sobre o possível vazamento de dados. Diante desse cenário, a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) ainda aguarda um comunicado formal da Ticketmaster. Caso a empresa não se manifeste espontaneamente, a ANPD poderá tomar medidas para garantir a proteção dos dados dos consumidores afetados.

A situação destaca a necessidade contínua de vigilância e medidas proativas para proteger os dados pessoais dos consumidores, especialmente em um ambiente digital cada vez mais propenso a ataques cibernéticos.

Fonte: InfoMoney

Deputado denuncia vazamento de dados em escolas públicas do Paraná

O deputado estadual Requião Filho levantou uma séria denúncia envolvendo o vazamento de dados pessoais de pais e alunos das escolas públicas do Paraná. O requerimento incisivo protocolado pelo deputado solicita a convocação do Superintendente da Paraná Educação, Carlos Roberto Tamura, para prestar esclarecimentos sobre a possível violação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

A denúncia aponta para a contratação de uma empresa sediada no Mato Grosso do Sul para integrar sistemas entre os municípios paranaenses, com suspeitas de uso criminoso de dados pessoais de pais de alunos para fins políticos.

Fonte: Correio do Litoral

Tribunais do trabalho de Rondônia, Acre e Alagoas avançam na implementação da LGPD

Tribunais do Trabalho de Rondônia, Acre e Alagoas unem esforços para implementar a LGPD. O projeto "100% LGPD / TRT-19-TRT-14" busca atingir o grau "Aprimorado" no Índice de Adequação à LGPD, com metodologia de "Design Thinking" em cinco fases. Inclui convênio para novo software de monitoramento e eventos de sensibilização.

Fonte: Tudo Rondônia

Tags :

Compartilhe esse artigo:

Confira outros posts

Copyright © 2023 DPO Expert. Todos direitos Reservados. Desenvolvido por img-7 Zoom Propaganda.